quarta-feira, 10 de junho de 2009

Carta ao Tigor



Tigor, meu bebê,




Preciso de um favor seu. Só você pode fazer isso, meu anjo.




Hoje faz um ano que sua tia Dag se foi.




Vai lá e diz que tudo está bem. Vai lá e diz que meu afigatos estão gordos e com saúde, mas sentem imensamente a falta dela. Tem uma foto deles lá em cima.




Avisa que o pai deles está segurando a onda, da melhor maneira que pode.




Nós também estamos.




O amor dela por felinos permanece aqui e vive em nós, a cada gato que tiramos da rua, a cada gato que ajudamos a ter dignidade. A responsabilidade de honrar a memória de quem tanto amou seus gatos impulsiona o Time para frente.




Ter partido tão jovem só faz sentido quando eu penso que só uma parte tão importante de mim poderia ter ido antes para te esperar e tomar conta de ti, bebê.




Tá certo que eu jamais imaginaria que outra parte igualmente importante tomaria o mesmo caminho poucos dias depois... mas ninguém melhor do que eles dois para cuidar de você enquanto eu não estou aí.




Aproveita e amassa pãozinho neles.




Com muito amor,




Velhinha






6 comentários:

Claudinha disse...

Ele vai, Taimi... ele já está fazendo....

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Com certeza o Tigor está amassando pãozinho neles... Lágrimas nos olhos não deixam escrever. Beijos e abraços.

Patinhas Carinhosas disse...

Seu blog é emocionante!!!
Na segunda mamãe vai gastar um dinheiro com nossa vacina, mas o próximo dinheirinho da mamãe vai ser pra comprar a rifinha da nossa amiguinha Fada. Prometemos!!!
Lambidas

Gata Lili disse...

Que mensagem linda que leio neste comecinho de manhã ensolarada de Fortaleza. Com certeza los gatitos levaram a mensagem. Um beijo.

Andrea Sassaki disse...

Nossa, tô aqui chorando. Ele vai amassar muito pãozinho! Com certeza! Um beijo ultra carinhoso!

disse...

ai, ai... :(