segunda-feira, 26 de abril de 2010

Raclete

A Ginger era um gato sem Jesus no coração.


**************************


Há algumas semanas aqui em SP, fez uns dias meio frios, gelados mesmo, até para os padrões dos velhinhos, habituados com as temperaturas congelantes da terra onde nasceram.
Nesses dias, o Velhinho olhou para o Polengui e decretou: "Esse gato tá com cara de gato com frio."
A Velhinha rachou o bico, pois nem os gatos meridionais dela faziam a tal cara de frio, por mais ralo que fosse o pelo e mais inclemente que fosse o inverno. E o Polengui, bem fornido das banhas e peludão, é muito bem equipado para um gato do Sudeste.
O Velhinho não se convenceu: foi lá e providenciou um edredonzinho para o felino-cheetos.
Para surpresa da Velhinha, a cara do bicho até mudou. Não é que o Velhinho estava certo, e o Polengui estava mesmo necessitando de uma cobertinha? Durante três dias, ele foi o gato mais feliz do mundo, fazendo ninhozinhos mil, dormindo com o focinho escondido para aquecer. Dava gosto ficar olhando.

Até que o Polengui passou a não mais dormir no edredonzinho. Voltou a dormir em almofadas e prateleiras. Estava um pouco mais quente, mas o que teria acontecido para ele abandonar o cobertor-de-estimação? Ele tinha gostado tanto...

Um dia, a Velhinha chegou mais cedo em casa. Adivinha quem estava ocupando o cobertorzinho? Acertaram. A Gatokaze. A Tranqueira. A egoísta que quer os velhinhos só para ela. E que se esquece que já comeu libélula para espantar a fome.

Andava socando o Polengui para obter o cobertorzinho de forma ilícita!

Aí a Velhinha teve uma conversa séria com a gato-junior. Explicou que São Francisco estava vendo. Que ela não podia fazer essas maldades com o gato-senior. Que o gato-senior podia fazer edredon de bigode de Ginger se ele quisesse, com uma só patada, mas não faz porque é um queijo cremoso.

Desde então, a Gi voltou a dormir na caminha dela, deixando o Pols curtir umas de queijo derretido.

Nesse exato momento, enquanto a turma toda corre atrás do ratolino que brilha no escuro, Polengui ronca de olhinho fechado, enroladinho no edredon.

Boa semana,

O Time do Tigor

********************************

p.s. Já estamos em campanha pelo 7º mutirão. Quem pode ajudar?

10 comentários:

Andrea Sassaki disse...

Ai, meu amado lindo!!!
Um beijo!

Patrícia disse...

Que coisa mais fofa!

Polenghi é lindo demais

Dá um edredon pra Ginger também :)

Maira disse...

Ai que coisa gostosa o Polengui no edredonzinho... Adoro os textos que vc escreve, rsrsrsr...
A Ginger agora tem Jesus no coração? srsrsrsr...
bjs.

Michelle disse...

Amei..kkkk :)
Beijos
Mi

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Que queijo mais gostoso. Beijos.

O Time do Tigor disse...

Tia Pati,

A Ginger tem o maior edredon da casa... Os velhinhos é que têm que implorar para ela dividir o edredon. E se ela sair para dar uma voltinha, no retorno, os velhinhos tem que abrir "uma caverna" para ela entrar imediatamente. Se não, é tapa na cara! kkkkkk

O Time do Tigor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Time do Tigor disse...

Tia Maira,

Não, não tem.
Hoje mesmo ela fez gatokaze na pobre da Brisinha: subiu na mesa, esperou a colega passar, e tchibum! Pulou em cima. A Brisa, que só tem 3 patinhas, deu de cara no chão!

Se são Chiquinho anotar tudo no caderninho, a Gi já está no 3º volume.

Theodoro disse...

A ginger está linda.

Adorei a vossa visita, obrigado :)

Turrinha para ela e todos

Dani disse...

Moça bonita, me liga mulher, não consigo falar com vc.
Seus netos esperam visita.

bjoks
Dani Lando e
PRRRSSSSSS
Mia (a histérica), Bianca(a bulimica) e Bernardo(o louco do banheiro)